Limpar Janela Imediata versão 2

JanelaImediataV2 Na fase de teste de um programa é comum usar vários “Debug.print” para conferir os resultados antes de chegarmos à versão definitiva. Com a repetição dos testes a Janela de Verificação Imediata fica poluída e os resultados difíceis de ver. A versão anterior deste aplicativo permite a limpeza da Janela de Verificação Imediata a partir da janela do access.

Nesta versão foram incrementadas mais 2 opções que permitem que se redefina , a partir da janela do Access, um procedimento de evento que entrou em modo de interrupção, seja pela existência de um ponto de interrupção definido por você, ou pela ocorrência de um erro em tempo de execução.

Elas são úteis para resolver a seguinte situação: Você está testando um procedimento disparado a partir e um botão de seu formulário. Ao clicar nele, o procedimento é interrompido. Voce faz alterações no código e volta para o formulário para testar novamente. Se voce esquecer de redefinir o procedimento antes de voltar, o botão vai estar travado pois o VBE está em modo de interrupção. Aí você tem que voltar ao VBE , redefinir o procedimento para então testar de novo. Para evitar isso, as duas novas opções permitem que você destrave o botão testado a partir da janela do Access sem ter que voltar ao VBE.

Abaixo as opções disponíves no aplicativo:

– Limpar a Janela imediata e permanecer no editor VBE

– Limpar a Janela imediata e permanecer na janela Access

– Abrir o editor VBE

– Redefinir o procedimento sem limpar a janela imediata

– Redefinir o procedimento limpando a janela imediata

– Fechar o formulário Para usá-lo, importe o formulário para o seu Banco de Dados.

Para verificar as funções de cada botão, permaneça com o mouse sobre cada um deles e leia a mensagem

Para que ele seja aberto em uma determinada posição no seu BD, coloque o formulário na posição desejada , mude para o modo estrutura e salve.  Na próxima abertura ele estará nessa posição.

BaixarZIP

Anúncios

Acompanhamento de casos

Clique para ampliar

Este aplicativo serve para acompanhar os eventos associados a um determinado caso.

A cada caso podem ser associados arquivos como anexos e as pessoas envolvidas no mesmo.

Através da classificação do andamento do evento é possível verificar os casos com pendências.

Acredito que pode ser útil para o acompanhamento de processos em escritórios de advocacia;  como controle de ordens de  serviço em oficinas de assistência técnica ; acompanhamento de pós-venda etc.

O arquivo .mdb é acompanhado de uma ajuda no formato .chm.

Veja os termos de uso na página Sobre

Access – Seleção de horário

Abre uma janela para seleção do horário sob um campo do tipo Data/Hora.

A janela é aberta sempre  sob o campo,  independente de quantos campos desse tipo você usar e do posicionamento do formulário na tela.

Para usá-lo você deve importar o formulário “Horas” e o módulo existente (modPositionWindow) para  o seu banco de dados e copiar o código existente no evento Ao Clicar do exemplo e colar no seu campo tipo Data/Hora.

A hora está no formato : Hora abreviada.

O código está comentado.

Referência :  O módulo foi desenvolvido por Stephen Lebans e pode ser encontrado  no link abaixo :
http://www.lebans.com/openform.htm

 Leia os termos de uso na página Sobre

Access – Filtros sequenciais – Versão 2

Trata-se de uma função que permite a filtragem sequencial, em qualquer ordem, dos registros de um formulário para campos dos seguintes tipos :

Texto; Data/Hora; Sim/Não; Autonumeração; Byte; Inteiro; Inteiro Longo; Simples; Duplo; Decimal

Você pode criar quantas combinações de filtros quiser. As caixas de combinação dos filtros ainda não usados apresentam apenas os dados compatíveis com a filtragem anterior.

Para usar, você deve importar a função para o seu banco de dados, criar ou adaptar caixas de combinação para uso como filtro segundo determinadas regras e anexar a elas um procedimento de evento “Ao Atualizar” que faz a chamada da função. No exemplo essas etapas são descritas em detalhes (botão Como Usar).

O código está comentado.

Veja os termos de uso na página Sobre

Antes de baixar, veja este exemplo que é muito mais versátil

Atualização 0.3 (15/3/2012) 

Nesta versão foi incluída a possibilidade de se ter filtros classificados em ordem decrescente.

Nas versões anteriores independente da classificação inicial do filtro, após a primeira filtragem ou a remoção do filtro, todas as caixas de combinação dos filtros eram classificadas em ordem crescente.

Se usou a versão anterior (V2 0.2) em seus programas, basta substituir o módulo FiltrosSequenciaisV2 pela versão deste exemplo.

Para usar, siga as instruções mostradas ao clicar o botão “Como usar” do exemplo.

.

Orientações

Quando a Origem do registro do seu formulário tem uma associação do tipo 1 para muitos, caso exista um registro do lado 1 sem um dado associado no lado muitos ,  o que vai ocorrer é que o registro com esse dado não vai aparecer no formulário . Para que isso não ocorra, você deve alterar o tipo de associação como mostrado abaixo.

Atenção : Esta instrução de montagem não está incorporada no exemplo !

A origem do registro do seu formulário tem que ser uma instrução SQL (Select ….) . Se você usar o nome da tabela como origem do registro vai dar erro ! 

28/9/2012

.

Pergunta interessante colocada nos comentários :
Como imprimir os resultados da filtragem do formulário em um relatório ?

Resposta : No seu formulário que tem os filtros, coloque um botão para abrir o seu relatório.

Na janela propriedades do relatório, na aba Dados, troque a opção Filtro ativado de Não para Sim.

No evento AoAbrir do relatório, coloque a seguinte instrução:

Me.Filter = varFiAc

Alternativamente você pode deixar a opção Filtro ativado como Não e colocar no procedimento Ao Abrir do relatório a instrução:

Me.FilterOn = True
Me.Filter = varFiAc

Obs: Só para garantir, certifique-se que a origem dos registros do seu relatório é a mesma da origem dos registros do seu formulário !

Histórico das versões 

Por favor, antes de tentar modificar a função ou postar um comentário, clique aqui.

Access exemplo – Navegador para internet

O navegador tem as funções básicas necessárias e a possibilidade de alternar para a navegação através do Internet Explorer (versão 8).

O código está comentado.

Problemas que eu pude detectar:

  1. É comum ocorrerem erros de script (provavelmente java)
  2.  No Gmail não é possível abrir um parágrafo no texto da mensagem.
  3. É lento no carregamento de páginas mais complexas.

Ou seja, de modo algum substitui os navegadores normais mas vale como exemplo e talvez possa ser útil como navegador para uma intranet.

Mais informações

Baixar o arquivo

Veja os termos de uso na página Sobre

Formatador de SQL online

O jeito mais fácil de se  criar uma SQL no VBA,  é copiar a sentença SQL de uma consulta e colar no editor do Visual Basic.

O problema é que a cópia vem toda “torta” e é necessário arrumá-la para que a sentença fique compreensível para o Access.  Normalmente eu faço isso indo para o final da primeira parte dela e deletando o espaço que vem na sequência (e assim sucessivamente) até obter a frase completa.  Qual o resultado ? Uma frase quilométrica !!!

Há um site que faz a formatação dessa frase e :

Transforma isto :

SELECT [URLs].[SecuClass], [URLp].[PrinId], [URLs].[SecuId], [URLs].[SecuTituOrig], [URLs].[SecuTituPort]
FROM URLp INNER JOIN URLs ON [URLp].[PrinId]=[URLs].[SecuIdPrin]
WHERE ((([URLs].[SecuClass])=Formulários!URLprincipal!URLprincipalSub.Formulário!SecuClass) And (([URLp].[PrinId])=Formulários!URLprincipal!PrinId));

Nisto:

SQL = “”
SQL = SQL & “SELECT [URLs].[SecuClass] , ”
SQL = SQL & ” [URLp].[PrinId] , ”
SQL = SQL & ” [URLs].[SecuId] , ”
SQL = SQL & ” [URLs].[SecuTituOrig], ”
SQL = SQL & ” [URLs].[SecuTituPort] ”
SQL = SQL & “FROM URLp ”
SQL = SQL & ” INNER JOIN URLs ”
SQL = SQL & ” ON [URLp].[PrinId]=[URLs].[SecuIdPrin] ”
SQL = SQL & “WHERE ( ”
SQL = SQL & ” ( ”
SQL = SQL & ” ( ”
SQL = SQL & ” [URLs].[SecuClass] ”
SQL = SQL & ” ) ”
SQL = SQL & ” =Formulários!URLprincipal!URLprincipalSub.Formulário!SecuClass ”
SQL = SQL & ” ) ”
SQL = SQL & ” AND ”
SQL = SQL & ” ( ”
SQL = SQL & ” ( ”
SQL = SQL & ” [URLp].[PrinId] ”
SQL = SQL & ” ) ”
SQL = SQL & ” =Formulários!URLprincipal!PrinId ”
SQL = SQL & ” ) ”
SQL = SQL & ” );”

Visite o site

Clique aqui para testar

Dica 1 : Em Input SQL selecione : MSAccess e em Output SQL :  VB string(1)

Dica 2 : Se for o caso, depois de colar no editor do VB não esqueça de corrigir “Formulários”  para “Forms” e “Formulário” para “Form”.

Access – Artigos sobre a criação de Add-In’s

Creating a Simple Microsoft Access Add-In – Mostra como criar um Add-In

Creating the USysRegInfo Table for a Microsoft Access 2000 Add-In – Mostra como criar a tabela USysRegInfo necessária para a instalação e uso de um Add-In

Access – Add In com várias funções

Tem várias funções integradas num só addin.

As que mais uso são :

Localizar/Substituir : Os resultados são apresentados em uma janela independente com a opção de substituição caso a caso ou em bloco.

Localizar o procedimento que chamou um dado procedimento.

Arquivo de código : Onde podem ser armazenados modelos de códigos usados frequentemente.

Cabeçalhos : Permite a criação de cabeçalhos de módulo e procedimento

Criação de rotina de tratamento de erro . Informa o número do erro, a descrição e em qual procedimento ocorreu.

Numeração de linha : Permite mostrar e esconder a numeração das linhas do código.

Criação de caixas de mensagem. (Prefiro o do Zada Solutions)

Lista de tarefas : Cria uma lista do quê precisa ser feito no seu programa.

Documentador : Cria documentação em XML (que pode ser visto no seu navegador de Internet)

Site :  MZ-Tools  3.0

Access – Add-In para rotina de erro e caixas de mensagem

  • Message Box Builder :  Cria caixas de mensagem (Versões 97 e 2000)
  • Error Handler Builder : Cria rotinas de tratamento de erro (Versões 97 e 2000).

Site : Zada Solutions